Alagoas registra 21 assassinatos durante o último final de semana; Um em Joaquim Gomes | 40graus Alagoas              

Alagoas registra 21 assassinatos durante o último final de semana; Um em Joaquim Gomes

30 de janeiro de 2012 às 18:00
Com Gazetaweb
No último final de semana, o Instituto Médico Legal (IML) registrou a 21 assassinatos, sendo 20 atingidos por arma de fogo e um por arma branca. Entre os casos está o assassinato de Rafael Gustavo Cardoso da Silva, 27 anos, filho do proprietário do Renato’s Bar, na noite de sexta-feira (27), na Rua 11 de Junho, no bairro de Ponta Grossa.

A Polícia Militar (PM) não forneceu detalhes do crime, porém, informou que Rafael foi morto a tiros, enquanto estava em sua motocicleta Honda, ao envolver-se em uma discussão. Após cometerem o crime, os autores da ação evadiram-se do local, tomando destino ignorado.

Já no sábado (28), a primeira vítima foi o servente de pedreiro Ronnatan dos Santos Silva, 21, morador do conjunto Bruno Ferrari, Chã de Bebedouro. O crime ocorreu no Mercado da Produção, na Levada, de onde os acusados empreenderam fuga.

Na Chã do Pilar, José Zito da Silva, 33 anos, foi assassinado a tiros, deflagrados por homens não identificados. A vítima trabalhava como motorista e residia na Rua Senhor do Bonfim, também no mesmo bairro.

Christofferson Rafael Araújo dos Santos, 24, morto ao ser atingido por vários disparos, é a quarta vítima do fim de semana, cujo homicídio ocorreu no bairro do Jacintinho. Outro corpo a dar entrada no IML é o de José Igor Araújo, 16, morador da Travessa Cristo Rei, no Santos Dumont.

O crime posterior ocorreu na região de Cruz das Almas, vitimando Hildebrando da Conceição Júnior, 21 anos, residente na Rua Pau D`arco, Feitosa. Nenhum morador quis comentar a respeito do assassinato, temendo represálias.

O comerciante Djonny Engracio Santos, 27, também inserido no livro de corpos do instituto, foi atingido por disparos e chegou a ser socorrido pelo Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) e encaminhado ao Hospital Geral do Estado (HGE), porém, veio a falecer em seguida. A vítima morava na Pitanguinha.

No Pontal de Coruripe, mais precisamente no conjunto Mutirão, Jorge Luiz dos Santos, 44, foi atingido por disparos e, logo após, socorrido até o HGE, onde não resistiu aos ferimentos. Ele trabalhava como pescador.

Morta a tiros, a outra vítima foi identificada como Everton Bruno da Silva, 23 anos, residente na Rua São Mateus, no Benedito Bentes I. O crime ocorreu no conjunto João Sampaio II, situado na mesma localidade.

No Jardim Petrópolis II, a PM foi acionada para dois homicídios, cujas vítimas foram identificadas como Dereck Devis dos Santos Costa, 25, e Sandro Ely Gomes da Silva, este atuante na função de serviços gerais.

O carroceiro Jailson José da Silva, 36 anos, foi morto no conjunto Frei Damião, no Benedito Bentes II, onde morava com sua família. Moradores nem a polícia souberam dar detalhes do crime. Já no Tabuleiro, José Marcelo da Silva Balbino, 23, não resistiu aos ferimentos de bala e veio a falecer no local.

Moradores da Favela da Coca presenciaram o corpo de Leonardo da Silva, 20, executado por arma de fogo. A vítima morava na mesma localidade. O penúltimo crime vitimou o estudante Robson Moura da Silva Santos, 18, no Jacintinho. A polícia forneceu a informação de que ele residia no conjunto Melo Costa, no Poço.

E, para fechar o total de homicídios desse sábado, Jadson de Lima Souza, 20, atingido por tiros e, em seguida, levado ao Hospital Geral do Estado; entretanto, morreu após chegar à unidade. O estudante morava no conjunto Lenita Villela.

Domingo

O último domingo do mês teve início com o assassinato de Fábio Fragoso da Silva, 22, vendedor ambulante. De acordo com informações do IML, ele morava no Auto de São Simão, em Branquinha, e o crime aconteceu no complexo Benedito Bentes, em Maceió.

Também na região do Benedito Bentes, na localidade conhecida como Cachoeira do Mirim, Wanderson Silva de Souza, 20, foi vitimado por arma de fogo. O trabalhador de serviços gerais morava no conjunto Freitas Neves, próximo ao local da ocorrência.

A outra vítima levada ao HGE, após ter sido lesionada por tiros, é David de Lima Souza, morador da Rua Mário José da Silva, em Joaquim Gomes. A outra ocorrência também é proveniente de Joaquim Gomes, onde o alvo dos criminosos foi morto por golpes de arma branca em frente a um posto de saúde.

Ao final da noite, a polícia foi acionada à Chã do pilar e ao bairro da Santa Lúcia, na capital, para cercar a área dos corpos e colher informações a respeito dos motivos que ocasionaram os crimes.

Deixe uma resposta

Protected by WP Anti Spam